Internacional

Exército dos EUA anuncia ter abatido avião sírio



Um avião sírio de tipo SU-22 largou bombas perto de combatentes das FDS (Forças Democráticas Sírias) a sul de Tabqa e, nos termos das nossas regras de compromisso e de legítima defesa dentro da coligação (anti-EI), foi imediatamente abatido por um avião norte-americano F/A-18E Super Hornet", afirmou o comando da coligação em comunicado.

Ainda segundo a coligação, duas horas antes, as forças do regime do Presidente Bashar al-Assad atacaram combatentes das FDS na cidade de Jaaydin, a sul de Tabqa, "feriram alguns e causaram a fuga das FDS para fora da cidade".

Damasco acusou, depois, a coligação de ter abatido um dos seus aviões quando o aparelho realizava "uma missão contra o grupo Estado Islâmico".

A coligação garantiu não "pretender atacar o regime sírio, as forças russas ou as forças pró-regime que colaboram com eles", mas acrescentou que "não hesitará em defender a coligação ou os seus parceiros perante qualquer ameaça".

"Os projetos e os atos hostis das forças pró-regime contra a coligação e seus aliados na Síria, que realizam operações anti-EI legítimas, não serão tolerados", advertiu.

Pouco depois de o avião do regime ter sido abatido, desencadearam-se pela primeira vez combates entre as tropas leais a Assad e as FDS, uma aliança arábico-curda apoiada pelos Estados Unidos, na província de Raqa, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Fonte: Notícias ao minuto/BA

 

 

 

 

http://tpa.sapo.ao/noticias/internacional/exercito-dos-eua-anuncia-ter-abatido-aviao-sirio
Todos Os Direitos Reservados